terça-feira, agosto 10, 2010

Casamento Misto

Agradeço-lhe a oportunidade de escrever sobre o assunto que me expôs.
Simpatizo com as pessoas na situação de seu filho e noiva.
Na região Oeste da Grande São Paulo, em que fui pastor por cerca de 40 anos, também muitos pastores batistas e presbiterianos se negavam a realizar o culto de casamento quando um dos noivos não era crente, ou membro de Igreja. Entendo que “casamento misto” é o casamento de uma pessoa convertida com uma outra não-convertida. Será que nós sabemos de fato quem é convertido e quem não é?
Eu realizava cultos de casamento de pessoas que não eram membros de Igreja, pensando: se esses casais não puderem se “casar na Igreja”, irão casar-se apenas no Cartório e ficarão magoados com “a Igreja que se negou a interceder por eles num culto especial”.
Ora, as Escrituras nem se referem a cultos de casamento; registra que Cristo esteve presente a uma festa de casamento em Caná.
Quando hoje são realizados esses cultos - deve ser sempre depois do casamento civil - o pastor ou mesmo um oficiante que não seja pastor estará pregando sobre o assunto “casamento e vida familiar”, estará orando pelo casal e dando aos noivos a oportunidade de assumirem diante de Deus e da Igreja, um compromisso muito sério. Muitas outras pessoas estarão presentes para ouvirem uma mensagem bíblica apropriada. E não uma simples palestra.
Nesses casos eu estabelecia uma condição: farei o casamento se os noivos fizerem comigo uma série de estudos bíblicos (cerca de 8) sobre casamento e vida familiar.
Fiz assim, certamente, mais de 100 casamentos; alguns fora de templos de igreja. Desse modo tive oportunidade de fazer os noivos lerem a Bíblia e meditarem sobre o assunto. Houve casos em que noivos que não eram, tornaram-se crentes, pois foram evangelizados durante algumas semanas.
Mas tive colegas que permaneceram na atitude negativa.
O que posso fazer pela irmã e pelos noivos, é enviar-lhes um exemplar da apostila* com os referidos estudos, para os noivos lerem e, quem sabe, junto com a senhora, lerem e meditarem sobre o assunto, e juntos orarem pela família que pretendem constituir. Se um grupo de pessoas fizer esses estudos, tanto melhor; sempre é tempo para casais antigos meditarem sobre os assuntos abordados.
O que interessa é que os noivos se casem “no Cartório” bem conscientes do que é família e dos deveres, prazeres e dificuldades que terão pela frente, assumindo-os diante de Deus e certos do socorro d'Ele.

*Texto publicado entre os dias 02/junho e 01/setembro de 2009

(resposta a uma pergunta feita por uma leitora deste blogue.)

9 comentários:

Anónimo disse...

Boa noite, Pastor Rubens, achei vosso comentário extremamene prudente, parabéns.
Gostaria de obter cópia dessa apostila que fala sobre casamento e família. Como faço para recebe-la?

Meu email: onofreborges@uol.com.br

Desde já sou grato, Onofre Borges

PS.: Caso tenha custo, me informe como deverei proceder para efetuar o pagamento.

Cláudia Caló disse...

Pastor, por gentileza envie no meu email a apostila citada no texto.
Obrigada e parabéns pelas sábias palavras.

Cláudia Caló disse...

Parabéns pelas sábias palavras.
Por gentileza envie no meu e-mail a apostila citada, obrigada.

AGUINALDO disse...

Pastor, gostei muito do seu procedimento.
Poderia me enviar essa apostila.
e-mail.
stringcarvalho@hotmail.com
rosane123@hotmail.com

Aguinaldo Adelino Carvalho

Milso Nunes Veloso de Andrade disse...

Precisamos tanto dessa lucidez, Pastor! Penso do mesmo modo. Obrigado pelas sábias palavras.
Também gostaria de receber a apostila. Meu e-mail: milso@me.com. Em Cristo, Milso Andrade, Brasília - DF.

Milso Nunes Veloso de Andrade disse...

Precisamos tanto dessa lucidez, Pastor! Penso do mesmo modo. Obrigado pelas sábias palavras.
Também gostaria de receber a apostila. Meu e-mail: milso@me.com. Em Cristo, Milso Andrade, Brasília - DF.

palavras ao vento disse...

Pastor, gostei muito dessa mensagem estou nessa situação, pensei ate q a igreja não faz esse tipo de casamento. e ja estava me angustiando com isso, sou viúva,tenho um filho pequeno, conheci uma pessoa muito boa,mas ele não é crente. estamos pensando em casar, e seu artigo me ajudou e muito gostaria de ver a apostila tb por e-mail bragaandresa@hotmail.com desde já obrigada e que o Senhor o abençoe

palavras ao vento disse...

Pastor, gostei muito dessa mensagem estou nessa situação, pensei ate q a igreja não faz esse tipo de casamento. e ja estava me angustiando com isso, sou viúva,tenho um filho pequeno, conheci uma pessoa muito boa,mas ele não é crente. estamos pensando em casar, e seu artigo me ajudou e muito gostaria de ver a apostila tb por e-mail bragaandresa@hotmail.com desde já obrigada e que o Senhor o abençoe

Dayton Ferreira Dias disse...

Pastor, a paz do Senhor Jesus Cristo. Gostei do seu comentário e gostaria se assim fosse possível, que o senhor me enviasse essas apostilas, meu e-mail é: daytondias@gmail.com.
Que a paz de nosso Senhor e Salvador Jesus continue em sua vida.